25 dezembro 2008

Retrospectiva 2008

E lá vem mais uma! Você, leitor, vai cansar de ver retrospectivas por aí, porém esta é mais que especial. É a revisão dos fatos e textos do Eu Sei Que Você Lê.
Como nas retrospectivas típicas, selecionei posts do ano todo, um de cada mês, para comentar e reler, talvez com uma visão diferente - ou não. Clique no título para rever o post e boa viagem!

Janeiro - Sobre minha nova "dona"
As aventuras de uma novata no violão. Até que não estou mal, após quase um ano. Algumas canções já podem ser reconhecidas. Desenvolvi o prazer de ouvir uma música e tentar tirar no violão, ainda que de forma amadora e arranhada. E daí? A melhor platéia - meu sorriso de felicidade - agradece.
Fevereiro - Perguntinha de aniversário
Não tem jeito, fevereiro é mês de meditação e/ou inquietação devido ao aniversário. Lá vou eu, dobrar o Cabo da Boa Esperança, seja lá em que idade ele fique.
Março - Dia Internacional da Trouxas
A delícia de ser menina, ainda que os meninos sabotem tudo de vez em quando. Mas a gente gosta... Talvez não goste, de alguma maneira, talvez a gente precise deste vai-e-vem de conflitos e lamentos entre masculino x feminino. Ah, a história é quaaaase real...
Abril - O primeiro saque
Foi a estréia - sempre em grande estilo - da Lady. Foi um ano em que vi muito, muito tênis, vários jogos e torneios. Posso dizer que até entendo um pouco do esporte. Recomendo, é um esporte elegante, as disputas são quase todas limpas e honestas, e claro, o plic-plac da bolinha de lá pra cá é hipnotizante. Tem uns meninos bonitos também, vai, confesso.
Maio - Muito pra mim é tão pouco
Eu, em férias, ao invés de relaxar, vou é me torturar com as dúvidas sobre o futuro. O que ser, o que fazer, quem ser? Eu devo pensar nisso umas 800 vezes ao dia, principalmente quando pipocam notícias de casamento e filhos ao meu redor. Aí eu sento e espero o pensamento fazer as malas e ir embora. O ruim é que ele sempre esquece uma peça de roupa e volta pra buscar.
Junho - Te ligo
Um dia dos namorados nem aí, sincero e tranquilo. É possível, acreditem. Sentimentalismo comercial não é minha praia mesmo (nem o não-comercial).
Julho - Me use quando quiser
Uma dos acontecimentos mais divertidos do meu ano. Porque rendeu risadas e continua rendendo. Pior que eu nunca mais falei com a personagem principal. Fui usada!!!
Agosto - Olimpo (1 a 24)
Ponto alto do blog em 2008, a cobertura das Olimpíadas me fez postar freneticamente, perder umas horas de sono e me informar a cada instante sobre os jogos - não que eu não fizesse isso sem o blog, mas com certeza, meu ânimo foi potencializado. Acho que vocês notaram, não é? Adorei!
Setembro - Extra ! Extra !
O nosso blog sobe a escada da fama e tem um texto da Lady publicado no Guia da Semana. Fiquei um nojo. A Lady já é um nojo, então nada mudou para ela hahahaha! Aguarde mais por aí, nós somos terríveis!
Outubro - I see dumb people...
Peguei um vírus. Digo, o micro. Depois disso, ele nunca mais foi o mesmo até perecer recentemente. Acho que ainda tem conserto, mas agora com o notebook, posso brincar de técnica em Informática só quando der na telha.
Novembro - GP Brasil
O momento mais emocionante do blog, em que o meu dedinho tremia em cima do mouse, naquela surreal última volta em Interlagos. Lindo, pena que não deu pro Massinha. Ano que vem, estamos aqui firmes e fortes, se a crise financeira deixar.
Dezembro
Bem, ainda estamos nele, mas lembro que em 2007 terminei o ano apresentando um novo single do meu ídolo-mor Morrissey. E é desta mesma forma que vou encerrar a retrospectiva, com um "Ouça" embutido.

"In the absence of your love
And in the absence of human touch
I have decided
I'm throwing my arms around
Around Paris because
Only stone and steel accept my love

In the absence of your smiling face
I travel all over the place
And I have decided
I'm throwing my arms around
Around Paris because
Only stone and steel accept my love

I'm throwing my arms around
Around Paris because
Only stone and steel
Accept my love

I'm, I'm throwing my arms around
Paris because
Nobody wants my love
Nobody wants my love
Nobody needs my love
Nobody wants my love
Yes you've made yourself plain
Yes you've made yourself very plain"

I'm Throwing My Arms Around Paris - Morrissey

2009, estamos prontos!

2 comentários:

Semiramis disse...

Que venha 2009!

Cristina disse...

Gostei da sua retrospectiva. Esse fim de ano eu fiquei tão cansada que não tive coragem pra postar nada do tipo. rs

Compartilhe

Related Posts with Thumbnails