07 agosto 2009

Fase

Ando com tanto desânimo para escrever que meus dois últimos posts foram com imagens – praticamente um fotolog. São tantas ideias e tanta preguiça. O que vale a pena ser escrito, afinal?

Nem vi o Harry Potter ainda, nem terminei de ver os filmes do Almodóvar, tenho coisas do MBA pra finalizar, violão encostado me esperando, livro de inglês com o marcador de páginas parado, outros livros para ler, seriados para assistir, curso de francês para ouvir, músicas novas para conhecer… ou seja, não é só preguiça de escrever. É de começar a fazer as coisas. Minha bicicleta ergométrica que o diga, acionada só uma vez por semana.

Não só as tarefas prazeirosas e interessantes são adiadas como também as obrigações. São aquelas fases em que até o que é legal demais é chato demais para ser iniciado.

De qualquer forma, não fazer nada é um prazer. Não te leva a lugar nenhum, mas, pensando bem… o que te leva?

funny_259

O controle. Esse sim, em atividade constante.

3 comentários:

Rodolfo disse...

Sei que o ócio da um prazer danado, mas... muda aí!

Saca só esse texto que peguei o link no twitter de uma amiga. Aproveitando que seu blog goza de certo prestígio e deve ter grande número de acessos, vou divulgá-lo.

Não ganho nada com esta divulgação, apenas o prazer de compartilhá-lo!

Lá vai:

http://fiodameada.wordpress.com/2009/07/22/brincadeira-seria/

Bacana, não...?

beijos, amiguinha!

Cristina disse...

Me identifico c/ essa postagem.

Alexandre disse...

Preguiça, a mardita.

Compartilhe

Related Posts with Thumbnails