07 março 2009

Chororô


"E ninguém cala esse chororô
Chora o presidente
Chora o acionista
Chora o diretor"

Bem, a letra eu mudei um pouco, porque não quero falar da torcida do Flamengo (sempre criativa, diga-se).
O chororô que já deu e enjoou é o do tal "mercado". Das empresas que encheram o... bolso de dinheiro, surfando na bela onda da economia mundial dos últimos anos e agora só fazem chorar. Alguém falou pra vocês que, ao montar um negócio, vocês iriam lucrar para todo o sempre? Se alguém disse isso, era mentira, sinto decepcioná-los. A não ser que vocês sejam donos de banco ou de motel. Quer dizer, banco, nem tanto ultimamente.
Dar um show de administração em uma empresa que lucra zilhões por ano e produz a 110% de sua capacidade, para um mercado consumidor ouriçado, cheio de crédito fácil e seduzido pelo consumo a qualquer custo, é moleza. Treina um chimpanzé, nosso parente de DNA, que ele lidera essa empresa no maravilhoso mundo do capital comendo uma banana e coçando a cabeça.
Agora que o bicho está pegando, todo mundo começa a se lamentar. Que coisa ridícula, um bando de homens e meia dúzia de mulheres (não temos lá muitas) de alta administração espalhando o chororô pelas revistas, jornais, sites. Só se ouve desgraça : cortes bruscos no quadro de funcionários, fechamento de fábricas, falências, donos pedindo aos governos para salvar a empresa que afunda. E ninguém caaalaaa...
Então, alguém avisa que agora é a hora de mostrar tudo o que os MBAs da vida ensinaram. E se forem cortar, demitir e falir, que pelo menos, o façam com um tantinho de dignidade e ética. Antes era um monte de dinheiro volátil e fictício em jogo, agora é a vida de muita gente.
Uma campanha do ESQVL por menos lágrimas e mais competência no "mercado".
*
Clique aqui para ver uma explicação simples e bem-humorada de como essa crise começou.

2 comentários:

Alexandre disse...

Estou com você na campanha. :)

Mas o lado bom é que nesse momentos é que descobrimos onde está realmente o caráter e a lealdade. Muitas máscaras (tanto de pessoas como de idéias) caem.

Semiramis disse...

Pois é, eles reclamam demais, mesmo estando com os bolsos cheios...

Compartilhe

Related Posts with Thumbnails